Apresentação

Dom Antônio Zattera foi o terceiro bispo da Diocese de Pelotas. Seu episcopado começou em 1942 e também abrangeu por um período as cidades de Rio Grande e Bagé. Durante os 35 anos em que desempenhou sua função, ajudou a traçar novas perspectivas de vida para milhares de jovens da região sul a partir do acesso à educação e à evangelização.

O ex-reitor e ex-professor da UCPel, Wallney Joelmir Hammes, acompanhou-o por toda a vida. Foi ele quem talvez melhor tenha captado e transcrito para as gerações futuras a enigmática personalidade de Dom Antônio Zattera. Seu livro sobre a Dom Antônio começa assim:

“Há muitas histórias, estórias, contos, causos e lendas sobre Dom Antônio Zattera. Cada um que o conheceu tem algo a dizer sobre sua fulgurante personalidade. Mas tudo está esparso em registros escritos ou no relato oral dos que com ele conviveram”.

(Página 9, livro Dom Antônio Zattera, 3º bispo de Pelotas)

Para tentar preencher esta lacuna, a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) criou um site destinado ao resgate de sua vida. Pode ser considerado um anexo do livro de Hammes e do Memorial que leva o seu nome e fica localizado no saguão do Campus I da UCPel, instituição de ensino que foi uma de suas principais obras.

Convidamos você para passear pelas histórias de Dom Antônio e conhecer suas principais realizações. São relatos de amigos, conhecidos, pessoas que se inspiram em sua obra, fotos de inúmeras atividades das quais participou. Foram 88 anos de uma vida bem vivida, repleta de ousadia e inquietude. Com este espaço, esperamos resgatar tudo aquilo que a memória não conseguiu esquecer.

Quem foi Dom Antônio Zattera

Dom Antônio Zattera, fundador da Universidade Católica de Pelotas, viveu 88 anos, deixando inscrito, na mente e no coração dos contemporâneos e dos pósteros, com o cinzel de um temperamento marcante, o dístico de seu brasão episcopal ‘Omnia possum in Eo qui me confortat’. Sim, ele tudo pôde, com fé inquebrantável e determinação férrea, no exercício do mais eficaz instrumento de evangelização – a educação.

Esse abençoado ministério já fora exercido desde muito cedo quando, em Bento Gonçalves, fundou o Ginásio Nossa Senhora Aparecida e a Escola Nossa Senhora Medianeira. Ele próprio, como pároco, dirigiu peças teatrais sobre temas educativos, entusiasmando de tal forma a juventude que mal se conseguia conter a multidão que afluía aos espetáculos. A catequese, a cultura, a arte, a educação do povo, a visita às famílias, a presença constante entre os jovens, tudo era importante para ele.

Era essa inquietude, traço peculiar de seu caráter, que o tornava admirado por seus colegas e notado por seus superiores. Em 9 de julho, chegava a Pelotas para assumir a diocese que lhe fora destinada pelo papa Pio XII, como terceiro bispo, em substituição ao saudoso Dom Joaquim Ferreira de Melo.

Dom Antônio Zattera

Banco de histórias

Dom Antônio Zattera foi muito admirado pela comunidade pelotense. Teve uma vida tão intensa que teria rendido um belo roteiro para filme. Aos 44 anos, foi diagnosticado com câncer agressivo de estômago, tendo como estimativa poucos meses de vida. Ainda assim, chegou aos 88 de idade. Amava a velocidade; por isso, sofreu diversos acidentes de carro. Viajou o mundo todo com o objetivo de obter auxílio financeiro à execução de suas obras: foi nove vezes à Europa, três vezes aos Estados Unidos, foi ao Japão, conheceu os países árabes, e sempre voltou com muitas doações.  

Acompanhou, como padre capitão, as tropas da Revolução de 1930 rumo a São Paulo. Em uma de suas viagens, o avião quase caiu. “Meu filho, imagine-se de batina, metade do corpo do lado de fora, aquela ventania, e o pobre bispo deitado no corredor do avião…”, contou sobre a experiência certa vez. 

Além dessas, existem inúmeras outras histórias perdidas nas lembranças de quem com ele conviveu. Algumas são engraçadas, outras tristes, várias humanas, que enaltecem o poder da fé e também o poder da ação. Todas extremamente emocionantes. 

Uma vida em imagens

1910

Dom Antônio Zattera quando criança

Dom Antônio Zattera quando criança

Fotografia: Dom Antônio Zattera quando criança Década aproximada: 1910

1920

Dom Antônio Zattera com sua família

Dom Antônio Zattera com sua família

Fotografia de Dom Antônio Zattera com sua família, ao centro da fotografia sentado seu pai, logo atrás sua mãe. A sua direita sua irmã e seu irmão e a esquerda sua irmã e Antônio Zattera, todos a frente de uma janela.

Década Aproximada: 1920

1940

Fachada do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera, com diversos alunos, oficineiros e voluntários

Fachada do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera, com diversos alunos, oficineiros e voluntários

Fotografia da fachada do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera, com diversos alunos, oficineiros e voluntários que auxiliavam nas atividades do Instituto. Nota-se Dom Antônio Zattera bem a frente a esquerda da escada.

Década Aproximada: 1940

1940

Fundações do Instituto de Menores

Fundações do Instituto de Menores

Fotografia das fundações do Instituto de Menores.

Década Aproximada: 1940

1940

Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores

Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores

Fotografia: Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores.

Década Aproximada: 1940

1944

Solenidade de inauguração do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera

Solenidade de inauguração do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera

Fotografia: Solenidade de inauguração do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera. Na fotografia apresenta-se uma mesa retangular, coberta por uma toalha, com um arranjo floral em cima da mesa, logo atrás está Dom Antônio Zattera em pé de mãos cruzadas e a sua direita o governador do Rio Grande do Sul, Walter Jobim, junto a outras autoridades da cidade.

Data Aproximada: 1944

1945

Obras do primeiro prédio do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera

Obras do primeiro prédio do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera

Fotografia das obras no entorno do primeiro prédio do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera. Na foto vê-se diversos operários no início da construção.

Data aproximada: 13/03/1945

1950

Reunião para acertar detalhes da construção da Universidade Católica

Reunião para acertar detalhes da construção da Universidade Católica

Fotografia: Dom Antônio Zattera, em reunião para acertar detalhes da construção da Universidade Católica.

Década Aproximada: 1950

1960

Dom Antônio Zattera na frente do Instituto de Menores

Dom Antônio Zattera na frente do Instituto de Menores

Fotografia: Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores, no banco de trás está o presidente da república Jânio Quadros

Década Aproximada: 1960

1960

Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores, com o presidente da república Jânio Quadros

Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores, com o presidente da república Jânio Quadros

Fotografia: Dom Antônio Zattera, a frente do Instituto de Menores, no banco de trás está o presidente da república Jânio Quadros

Década Aproximada: 1960

1960

Início da fundação da UCPel

Início da fundação da UCPel

Fotografia da fundação da Universidade Católica de Pelotas.

Década Aproximada: 1960

1960

Estrutura da Universidade Católica de Pelotas sendo erguida

Estrutura da Universidade Católica de Pelotas sendo erguida

Fotografia: Fotografia da estrutura da Universidade Católica de Pelotas sendo erguida, na imagem aparece a estrutura em processo de construção.

Década Aproximada: 1960

1960

Universidade Católica em fase final de construção

Universidade Católica em fase final de construção

Fotografia da Universidade Católica em fase final de construção.

Década Aproximada: 1960

1960

Reunião de criação da Rádio Universidade

Reunião de criação da Rádio Universidade

Fotografia: Reunião de criação da Rádio Universidade, com Dom Antônio Zattera e  Carlos Alberto Chiarelli do Ministério da Educação.

Década Aproximada: 1960

1960

Inauguração da Rádio Universidade

Inauguração da Rádio Universidade

Fotografia de inauguração da Rádio Universidade. Na fotografia está Dom Antônio Zattera fazendo seu pronunciamento.

Década Aproximada: 1960

1960

Estúdio de gravação da Rádio Universidade

Estúdio de gravação da Rádio Universidade

Fotografia do estúdio de gravação da Rádio Universidade.

 

Década Aproximada: 1960

1960

Estúdio de gravação RU

Estúdio de gravação RU

Fotografia: Fotografia do estúdio de gravação. Na imagem aparece o senhor Albino Ramos, primeiro operador de rádio da instituição.

Década Aproximada: 1960

1963

Solenidade de abertura da Universidade Católica de Pelotas

Solenidade de abertura da Universidade Católica de Pelotas

Fotografia da solenidade de abertura da Universidade Católica de Pelotas. À mesa está Dom Antônio Zattera e a seu lado o governador do Estado Ildo Meneguette.

Data Aproximada: 22/10/1963

1967

Inauguração do pavilhão de aulas em 1967

Inauguração do pavilhão de aulas em 1967

Fotografia: Inauguração do pavilhão de aulas em 1967 com o Ministro da Educação Tarso Dutra.

Data Aproximada: 1967

1970

Inauguração de sala

Inauguração de sala

Fotografia de inauguração de uma sala. Na foto está Dom Antônio Zattera, o senador Jarbas Passarinho, seu assessor no momento do descerramento da fita.

Década Aproximada: 1970

1970

Universidade Católica já instalada e em funcionamento

Universidade Católica já instalada e em funcionamento

Fotografia da Universidade Católica já instalada e em funcionamento nos seus primeiros anos.

Década Aproximada: 1970

1970

Criação da rampa do Hospital São Francisco de Paula

Criação da rampa do Hospital São Francisco de Paula

Fotografia da criação da rampa do Hospital São Francisco de Paula. Na foto aparece a estrutura sendo erguida.

Década Aproximada: 1970

1970

Rampa do Hospital São Francisco de Paula e estrutura sendo erguida

Rampa do Hospital São Francisco de Paula e estrutura sendo erguida

Fotografia da criação da rampa do Hospital São Francisco de Paula. Na foto aparece a estrutura sendo erguida.

 

Década Aproximada: 1970

1980

Rampa do Hospital São Francisco de Paula já em funcionamento

Rampa do Hospital São Francisco de Paula já em funcionamento

Fotografia: Fotografia da rampa do Hospital São Francisco de Paula já em funcionamento.

 

Década Aproximada: 1980

1990

HUSFP na década de 90

HUSFP na década de 90

Fotografia: Fotografia da rampa do Hospital São Francisco de Paula já em funcionamento.

 

Década Aproximada: 1990

Principais obras

Exposição Memorial Dom Antônio Zattera

Websérie 120 anos